Carregando
HiruBlog
 
Hematomas
E agora, com vocês: hematomas no circo

Espetáculo de roxos.

A magia que o circo transmite para seu respeitável público faz com que desperte a sensação de bem-estar, nos fazendo gargalhar das trapalhadas dos palhaços, apreciar os vôos dos acrobatas, nos apaixonar pela beleza das músicas e cores. Por tudo parecer tão mágico é uma surpresa pensar que sua origem vem de lutas de gladiadores, que costumavam ter um final trágico.

O primeiro circo a se tornar famoso foi o Circus Maximus, inaugurado na Roma antiga, no século VI a.C.. Sua atração principal eram as corridas de carruagens, sendo acompanhadas pelas lutas de gladiadores, apresentações de animais selvagens como elefantes e leões, e de pessoas com habilidades incomuns, como engolidores de fogo e espada.

Para procurar artistas e público, na intenção de crescer o espetáculo, era necessário viajar por diversas cidades. Isso explica de onde nasceram as trupes circenses, formadas principalmente por famílias, que passavam a tradição e os segredos de pai para filho. A história do circo no Brasil começou no século XIX, com famílias e companhias vindas da Europa.

E diante da infinidade de atrações, o trapézio é uma das mais famosas e mais admiradas pelo público. É interessante dizer que a prática é realizada por membros da família, pois é necessário ter muita confiança na hora de se jogar de um lado para outro. Pelo fato dos movimentos serem aéreos, costumam causar muitos hematomas por causa do choque do corpo com o aparelho. Na intenção de amenizar, os acrobatas fazem uso de roupas apropriadas. Elas ajudam a evitar escoriações e hematomas ocasionados pelo contato brusco com o aparelho e outros acrobatas.

Para a prática, é necessário uma preparação corporal adequada. A compensação postural e física para os excessos que algumas partes do corpo recebem, como ombros e joelhos, deve ser acompanhada adequadamente por um médico para evitar problemas a longo prazo.

E você, há quanto tempo não vai ao circo? Já pensou em se aventurar em um dos números?

Praticar trapézio pode causar hematomas, consulte seu médico antes de praticar e leia mais em: http://www.hirudoid.com.br/hematomas/como-tratar-um-hematoma/

Hirudoid reduz os hematomas¹, a inflamação¹, e alivia a dor¹ dos hematomas.

Ao invés de disfarçar, resolva.

Referência:

1. Bula do Hirudoid®.

http://www.infoescola.com/artes-cenicas/historia-do-circo/

http://noticias.terra.com.br/educacao/infograficos/vcsabia-circo/

http://guiadoscuriosos.uol.com.br/categorias/622/1/11-curiosidades-circenses.html

https://super.abril.com.br/cultura/mundo-magico-do-circo/

http://www.efdeportes.com/efd109/o-trapezio-circense.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer consultar
a bula completa?