Carregando
HiruBlog
 
Cuidados com as crianças
Crianças em perigo: checklist da casa segura

Uma vez que aprende engatinhar, o bebê passa a desbravar o desconhecido, ou seja, os cômodos da casa. Em um piscar de olhos, ele simplesmente já se deslocou para outro lugar, então como é possível evitar que ele se machuque?

Hoje em dia, acidentes são a principal causa de morte de crianças entre 1 e 14 anos, no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, 3,8 crianças morrem e outras 117 mil são internadas por motivos acidentais no país todos os anos.

Use a lista abaixo para se preparar quando seu pequeno puder ir para lá e para cá dentro de casa:

Cozinha

É onde a maioria dos acidentes acontece. Imagine panelas quentes, fogo alto, objetos cortantes e de vidro, produtos de limpeza como detergentes e álcool. Um prato cheio para pequenas mãozinhas curiosas. Por esse motivo, o melhor é restringir o acesso das crianças a esse cômodo usando portõezinhos removíveis.

Se não puder evitar, produtos de limpeza devem ser guardados em lugares altos para que não sejam ingeridos. Sacolas plásticas também devem ficar fora do alcance, evitando o risco de asfixia.

Objetos cortantes, perfurantes e de vidro nunca devem ser deixados perto de beiradas e de preferência, devem ser guardados dentro de armários ou gavetas.

Evite usar toalhas de mesa que fiquem penduradas. A criança pode puxá-las e derrubar bebidas e alimentos quentes em cima de si. Queimaduras são extremamente perigosas e causam muita dor.

Outra dica muito importante: Na hora de cozinhar, mantenha o cabo das panelas virado para dentro do fogão. E jamais cozinhe com as crianças nos braços ou deixe-as perto do fogão quente.

Sala

A principal preocupação nesse cômodo é proteger a criança de quinas afiadas. Muitas vezes mesas de centro, cadeiras e racks ficam na altura da cabeça dos bebês que ainda estão aprendendo a caminhar. Por se apoiarem nos móveis na intenção de levantar, qualquer desequilíbrio pode machucá-los. Nesse caso, protetores de plástico são ótimos aliados.

Ah, não se esqueça de cobrir tomadas! Para evitar que a criança coloque os dedos ou algum objeto pequeno nos buraquinhos, use capinhas protetoras. Se você não tem este tipo de proteção em casa, coloque uma fita adesiva em cima das tomadas. Esse tipo de precaução evita o risco de choque elétrico.

Você se lembra daquele portãozinho removível? Ele também se encaixa muito bem quando se tem escada dentro de casa. Não deixe de colocar um no começo e no fim da escada.  Evite possíveis quedas!

E mesmo que instale redes protetoras em janelas e sacadas, ensine que existe alto perigo, portanto não deve se apoiar, nem brincar perto.

Quarto

Para evitar quedas e tropeções, os brinquedos não devem ficar jogados no meio do caminho, certo? Por isso, utilize caixas de plástico para organizá-los. Assim que a brincadeira acabar, todos os brinquedos voltam para a caixa e a mesma deve voltar para cima do armário.

Prefira gavetas e portas com trava, que não se soltem se forem puxadas.

Quando for a hora de trocar a criança, mantenha sempre uma das suas mãos nela. Isso evita que role e acabe caindo no chão.

Na hora de dormir, evite colocar objetos volumosos dentro do berço e sempre mantenha a criança virada de barriga para cima, evitando que se sufoque.

Quando o bebê começar a ficar de quatro e em pé, retire móbiles e outros objetos que fiquem pendurados. Também mantenha as grades do berço erguidas e travadas, não queremos nenhum dedinho preso.

Banheiro

Assim como a cozinha, o banheiro é onde acontece a maioria dos acidentes, portanto restrinja o acesso da criança.

A maior preocupação desse cômodo é que tem água por todo lado. Quando pequenas, as crianças podem se afogar em poucos centímetros de água, como de um balde ou cair dentro da privada. Mantenha a tampa da privada fechada e a porta do banheiro sempre trancada.

Na hora do banho, encha a banheira o suficiente para cobrir apenas as pernas do bebê.  Sempre com água morna, nunca quente.

Para assegurar que a temperatura da água está boa, coloque primeiro uma quantidade fria e vá temperando com outra quente, testando a temperatura com a mão ao movê-la em toda a banheira.

Em nenhum momento deixe a criança sozinha na banheira ou dentro do banheiro sem a sua supervisão, ok?

Dica importante: guarde medicamentos, produtos de higiene e cosméticos fora do alcance das crianças.

Área externa e de serviço

Nunca deixe crianças sozinhas em quintais e áreas de serviço.

No primeiro espaço, o risco é maior se você tem piscina. Nesse caso, compre uma lona para cobri-la evitando quedas. E se você tem churrasqueira, guarde todos objetos como facas afiadas e espetos dentro de um armário com trava. Além de deixar as grades e o ambiente livres de fuligem e resto de carvão.

Já o segundo espaço oferece perigo por conta dos inúmeros produtos de limpeza, baldes cheios de água. Além da máquina de lavar, tanque e cordas do varal.

Aqui os riscos são variados. A criança pode se intoxicar ingerindo produtos de limpeza, escorregar com o chão molhado ou sufocar com as cordas do varal. Por isso, procure manter tudo isso fora do alcance dos pequenos.

Assim como deve ser na cozinha, o acesso na área de serviço deve ser completamente negado. Até porque bebês ainda não tem idade para lavar roupa, não é?

 

Referência:

Rede Nacional Primeira Infância – Projeto observatório da primeira infância. Evitando acidentes na primeira infância. Disponível em: <http://bit.ly/2mPnNEs> Acesso em: fevereiro/2018.

Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências – Portaria MS/GM n.º 737 de 16/5/01. Disponível em: <http:// bit.ly/2rmKFAA> Acesso em: fevereiro/2018.

BabyCenter Brasil. Queimadura em crianças: o que fazer. Disponível em: <https://brasil.babycenter.com/a5800019/queimadura-em-crian%C3%A7as-o-que-fazer> Acesso em: janeiro/2018.

Medina, V. Uma casa segura para os bebês e as crianças. Disponível em: <https:// br.guiainfantil.com/acidentes-com-bebes/59-uma-casa-segura-para-as-criancas-y-os-bebes.html> Acesso em: fevereiro/2018.

BabyCenter Brasil. Deixe sua casa segura antes de o bebê engatinhar. Disponível em: <https://brasil.babycenter.com/a2100102/deixe-sua-casa-segura-antes-de-o-beb%C3%AA-engatinhar> Acesso em: fevereiro/2018.

Terra. Adaptações deixam a casa mais segura para crianças pequenas. Disponível em: <https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/casa-e-decoracao/protecao-da-casa/adaptacoes-deixam-a-casa-mais-segura-para-criancas-pequenas,e3d70f72f3ce2410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html> Acesso em: fevereiro/2018.

Paes, C. Gaspar, V. As injúrias não intencionais no ambiente domiciliar: a casa segura.  Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/%0D/jped/v81n5s0/v81n5Sa04.pdf> Acesso em:  fevereiro/2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer consultar
a bula completa?