Carregando
HiruBlog
 
Varizes
Varizes em crianças e adolescentes

Você sabia que crianças e adolescentes também podem ter varizes? Para quem pensa que varizes só aparecem na fase adulta, está enganado. Apesar de ser mais comum em adultos, aquelas ramificações de veias dilatadas também podem surgir em crianças e adolescentes. E as principais razões são a hereditariedade e maus hábitos de vida.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 30% da população mundial apresenta problemas com varizes. Em 70% dos casos, surgem antes dos 30 anos.

Segundo o Prof. Dr. Eduardo Toledo Aguiar, membro da ABFL – Associação Brasileira de Flebologia e Linfologia, o número de casos de crianças e adolescentes atendidos ainda é pequeno. Isso acontece porque as pessoas cometem o erro de tratar as varizes somente na fase adulta, quando as pernas começam a doer e a preocupação estética aumenta. “Os pais devem ter a consciência de que quanto mais cedo tratar, melhores são os efeitos. É possível tratar as varizes sem cirurgia e com ótimos resultados”, diz.

Principais causas

Geralmente, as varizes podem surgir como herança genética do pai ou da mãe. Portanto, se houver casos na família, o cuidado deve ser maior.  Além disso, o sedentarismo e a má alimentação também podem contribuir para que adolescentes comecem a ter esse problema.

O consumo excessivo de doces, refrigerantes e fast-food prejudica a circulação e assim favorece o surgimento de varizes. “A prevenção através de uma alimentação balanceada e o tratamento precoce são fundamentais para a saúde e a estética das pernas na vida adulta”, complementa o Dr. Eduardo Toledo.

Referências:

Portal Brasil – http://www.brasil.gov.br/saude/2014/12/conheca-os-fatores-que-contribuem-para-o-aparecimento-de-varizes

Prof. Dr. Eduardo Toledo Aguiar – diretor clínico da Spaço Vascular, professor livre-docente de Cirurgia Vascular da USP, membro da ABFL – Associação Brasileira de Flebologia e Linfologia.

Quer consultar
a bula completa?