Carregando
HiruBlog
 
Pós-Operatório
Cirurgia Plástica de Abdome

shutterstock_110578712 (1)

Abdominoplastia, cirurgia plástica de abdome, também conhecida por dermolipectomia abdominal, é recomendada quando temos excesso de gordura e sobras de pele1.

Diferentemente da lipoaspiração que é indicada para gorduras localizadas, a abdominoplastia aplica-se quando existe flacidez e excesso de gordura no abdome, geralmente em pacientes que emagrecem e ficam com sobras de pele, assim como em mulheres que tiveram filhos1.

A cirurgia permite a correção do contorno abdominal com melhora da silhueta, reparando a musculatura do abdome e retirando o excesso de tecido adiposo e pele. A cicatriz é horizontal, localizada na região inferior do abdome e em volta da cicatriz umbilical1.

No caso de pacientes acima do peso, é importante emagrecer antes da cirurgia1.

No pós-operatório, além da proteção em relação ao sol nos primeiros 6 meses, recomenda-se andar levemente curvado nas primeiras 2 semanas e utilizar por 2 meses malhas compressivas, fazendo drenagens linfáticas (massagens) que aceleram o desaparecimento do inchaço e das equimoses, manchas roxas causadas pela quebra de vasos sanguíneos durante o processo cirúrgico. Esforços físicos somente após 3 meses2.

É comum a perda de sensibilidade a dor e ao calor na região da cirurgia, causada principalmente pelo descolamento e perda de inervação. Por essa razão, cuidado ao fechar o zíper da calça sobre a pele ou queimar-se ao encostar a barriga no fogão3.

Durante todo o processo de recuperação, deve-se seguir corretamente a orientação e prescrição médica do cirurgião plástico, comparecendo sempre aos retornos agendados.

Contribuição: Dra Andreia Bufoni Farah, CRM SP 89706, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Referências Bibliográficas

1. Dra. Andreia Farah. Cirurgia Plástica. Disponível em: <http://draandreiafarah.site.med.br/index.asp?PageName=Cirurgias-20Pl-E1sticas#abdominoplastia>. Acesso em: 03/12/2014.

2. Farah AB, Nahas FX, Carvalho EM. Aspectos gerais do pós-operatório. Guia de Cirurgia Plástica da UNIFESP-EPM. 2007; 1:109-114.

3. Farah AB et al. Skin Sensibility os the abdomen after abdominoplasty. Plastic and Reconstructive Surgery. JCR. 2004;114:577-582.

 

2 comentários sobre “Cirurgia Plástica de Abdome”

  1. Olá, Dilma! É muito importante uma avaliação presencial com médico habilitado antes de qualquer cirurgia. Agradecemos a sua participação no Blog Fuja do roxo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.