Carregando
HiruBlog
 
Dores
Além de hematomas e varizes, você sabia que Hirudoid alivia a dor?

Já sabemos que as varizes são veias dilatadas e sinuosas que se desenvolvem abaixo da nossa pele. Elas podem ser de pequeno, médio ou de grande calibre, dependendo da sua fase. E hematomas são aquelas famosas manchas roxas que aparecem também por baixo da nossa pele, quando os vasinhos sanguíneos são rompidos por meio de pancadas e contusões, principalmente.

Mas, mais importante do que tratar os hematomas e as varizes, é procurar preveni-los. Afinal de contas, são causas que incomodam a maioria dos brasileiros e muitas vezes podem vir acompanhados de dores fortes, o que piora a situação ainda mais.

A dor é uma experiência completamente desagradável e ninguém escapa de senti-la durante toda vida. Quedas, tropeções, pancadas, acidentes, torções. Quando você menos esperar, se dá de cara com dores espalhadas pelo corpo e não há quem goste de ficar sentindo esse desconforto, não é?

De acordo com o neurocirurgião da Faculdade de Medicina da USP, Dr. Manoel Jacobsen Teixeira, sentir dor gera estresse físico e emocional para as vítimas e para seus cuidadores.  É por isso que deve ser tratada com muito cuidado e paciência.

Estudos mostram que o tratamento de contusões e torções com a pomada Hirudoid apresentam melhora da dor no final do tratamento (12 dias). Os resultados mostram que 97% dos usuários ficaram completamente livres das dores causadas por contusões e torções.

Também aqueles que sofriam com dor durante movimentações e sob pressão, de moderada a severa, apresentaram melhora no final do tratamento.

Sendo assim, pode-se concluir que a pomada Hirudoid, além de tratar hematomas e varizes, também é um grande aliado na diminuição de dores.

Procure um médico para avaliá-lo em caso de dúvidas.

Com um tratamento adequado, a recuperação é concluída com sucesso, levando a dor embora e trazendo o conforto novamente.

 

Referência:

Sociedade Brasileira para Estudo da Dor – SBED. O que é dor? Disponível em: <http://www.sbed.org.br/materias.php?cd_secao=76> Acesso em: fevereiro/2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.