Carregando
HiruBlog
 
Cuidados com as crianças
Seu filho se machucou feio?

Respire fundo, é preciso ser forte.

Se você tem filhos, sabe que as quedas, tropeções, empurrões e pancadas entre crianças são muito frequentes. Seja em casa ou na escola, os pequenos passam a maior parte do tempo correndo pra lá e pra cá, pulando, brincando e caindo dos jeitos mais bobos possíveis. E nessas horas é bem comum que a criança acabe se machucando.

Esses traumas costumam assustar, principalmente quando há sangramentos ou fraturas expostas.

Segundo o Dr. Marcelo Reibscheid (CRM–SP nº: 91275), especialista em pediatria e neonatologia no Hospital e Maternidade São Luiz, o ideal é manter a calma para que a criança se sinta segura e permita que as providências sejam tomadas. Demonstrar que está ali, dando carinho e apoio são elementos imprescindíveis na hora do sufoco.

Quando ocorrer algum acidente grave, leve a criança imediatamente para o hospital. Se precisar chamar a ambulância, veja abaixo os caminhos que pode seguir enquanto aguarda o resgate:

  1. Respire fundo

Ficar tranquilo e se manter centrado nessas horas depende de você, portanto respire fundo! Os batimentos acelerados e a respiração ofegante são a resposta imediata do corpo quando enfrentamos qualquer tipo de estresse. Respirar fundo e manter a mente vazia ajuda a manter o corpo calmo.

Inspire, respire e logo em seguida, pode agir.

2. Mantenha sua voz calma

Imagine a situação: seu filho acabou de se machucar feio, provavelmente está chorando e gritando por ajuda. Em seguida, você aparece, se desespera e grita de volta. Não tornaria a situação mais difícil?

Uma das maneiras mais fáceis de acalmar os nervos é diminuir a voz e falar com calma. Mostrará que a criança não está sozinha e vai ficar tudo bem.

3. Procure pensar de maneira racional

“Ai minha nossa, meu filho está em apuros! O que eu faço?”

A melhor resposta é: seja racional, não emocional. Por mais que pareça impossível. Em alguns casos, o desespero faz com que não pensemos direito e podemos até prejudicar na intenção de ajudar.

Após o acidente, faça os primeiros socorros e leve a criança ao médico. Se ocorrer alguma fratura ou deslocamento, não tente enfaixar ou colocar o membro no lugar por conta própria. Vá direto para o hospital.

É muito difícil manter a calma quando vemos nossos pequenos machucados, mas esses momentos pedem para que nossas emoções fiquem de lado.

Hirudoid® reduz os hematomas, diminuindo a inflamação e aliviando a dor.

Referência:

Bula do Hirudoid®.

Bueno, M. Como tratar machucados das crianças. Disponível em: <https://www.vix.com/pt/bdm/bebe/3-a-6-anos/materia/como-tratar-machucados-das-criancas>. Acesso em: Fevereiro/2018.

Guia do bebê. Tratando machucados em crianças. Disponível em: <http://guiadobebe.uol.com.br/tratando-machucados-em-criancas/>. Acesso em: Fevereiro/2018.

Fletcher, L. Psicólogos explicam como se manter calmo durante um conflito. Disponível em: <https://osegredo.com.br/psicologos-explicam-como-se-manter-calmo-durante-um-conflito/>. Acesso em: Fevereiro/2018.

Baitello, A. 5 dicas para manter a calma em momentos de desespero. Disponível em: <http://clinicadahipnose.com.br/5-dicas-para-manter-a-calma-em-momentos-de-desespero/>. Acesso em: Fevereiro/2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.