Carregando
HiruBlog
 
Cuidados com as crianças
Como agir em casos de acidentes domésticos

Foto: Como agir em casos de acidentes domésticosAcidentes domésticos são mais comuns com crianças, adolescentes e idosos, mas ninguém está totalmente livre de incidentes em casa. Por isso, é importante ter sempre por perto uma caixa de primeiros socorros. A caixa deve conter: gaze, esparadrapo, fita crepe, curativos e pomada anti-inflamatória. Além disso, estar com a vacina antitetânica em dia é fundamental.
Vale lembrar que, ao surgimento da menor dúvida, um médico deverá ser consultado, mas há procedimentos rápidos e práticos que podem ser tomados em alguns casos, como um galo na cabeça. Nessa situação, a melhor opção é colocar gelo para aliviar a dor e lavar o local com água limpa e sabão, para retirar a sujeira. Em cortes simples, como joelhos ralados, a melhor solução é lavar com água limpa e sabão. Se o corte for na boca, lavar apenas com água*.
Quando o ferimento for mais profundo e apresentar sangramento excessivo, o procedimento é outro: lavar com água limpa, estancar o sangue com um pano limpo e procurar atendimento médico imediatamente. Um objeto, como uma faca ou um prego, que entra na pele não deve ser retirado, pois pode romper vasos e causar uma hemorragia interna*. Apenas um especialista, no hospital, deve retirar o objeto pérfuro-cortante.
Em 2009, 140 mil crianças foram hospitalizadas e 6 mil mortas, vítimas de acidentes domésticos. Especialistas asseguram que, pelo menos, 80% desses acidentes poderiam ser evitados com cuidados básicos**, como os citados acima.

Cinco passos para fazer um curativo em casa:

1. Antes de tomar qualquer atitude, lave bem as mãos;
2. Limpe o local do ferimento com água e sabão ou soro fisiológico;
3. Seque a área em volta do machucado, sem esfregar;
4. Fixe o esparadrapo e a gaze no local, de modo a não comprimir o ferimento;
5. Troque o curativo a cada 12 horas, permitindo que o ferimento fique limpo e respire melhor.

Leia também:
–  Paintball
–  Parkour

Referências Bibliográficas:

* http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/04/medicos-ensinam-agir-em-caso-de-machucados-leves-ou-graves.html – Acessado em 21/02/2014

** http://semprematerna.uol.com.br/manual-bebe/nada-de-machucados-dentro-de-casa – Acessado em 21/02/2014

2 comentários sobre “Como agir em casos de acidentes domésticos”

  1. Olá, Marcelo.

    É recomendado manter o local sempre limpo, lavando em água corrente com sabonete neutro. A “casquinha” protege o local ferido contra os agentes externos e também faz parte do processo de cicatrização. Vale lembrar que, ao surgimento da menor dúvida, um médico deverá ser consultado.

    Equipe Fuja do Roxo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.